Sabrina concedeu uma entrevista e fez um ensaio fotográfico exclusivo para a revista “Girls’ Life Magazine” em sua edição de dezembro/janeiro. Abaixo, confira a matéria com a entrevista completa, traduzida pela nossa equipe.

040_HangWithDJ16

GLCoverDJ16

040_HangWithDJ16

GLCoverDJ16

040_HangWithDJ16

 

 

 

Sabrina Carpenter, 16, tem alma de gente grande – pelo menos, é o que diz sua biografia do Instagram. E nós totalmente entendemos: com sua eterna e incrível beleza e seus anos cantando, podemos ver como parece que Sabrina veio de outra era.

Mas olhe seu currículo e você verá que a Sabrina é certamente uma garota do momento. Os fãs não se cansam dos seus covers no YouTube (suas versões de “Stay With Me” do Sam Smith atingiu mais de 1.2 milhões de vizualizações), ela ganhou um papel em “Garota Conhece o Mundo” no Disney Channel, seu albúm de estreia arrasa e ela sobe no palco como Wendy de Peter Pan nesse feriado.

Colocada no destino para ser conhecida como a nota hit-flick do Disney Channel desse ano (o remake de uma comédia de adolescentes dos anos 80 “Further Adventures In Babysitting”) está claro que Sabrina mistura coisas antigas com coisas novas para fazer seu etilo musical e artístico.

EM SINTONIA

Há não muito tempo atrás, Sabrina era uma pequena garota que morava no centro da Pensilvânia, sonhando alto. A mais nova de quatro irmãs, ela estudou em casa e começou a estudar canto com 6 anos. No quinto ano, ela se gravou cantando uma música da Miley Cyrus e entrou em um concurso criado pela cantora, ficando em terceiro lugar de milhares de participantes. Ela disse que foi de onde veio sua paixão por se apresentar – ela nunca olhou para atrás.

Esses dias, Sabrina teve algumas realizações bastante impressionantes para comentar. Os fãs a amam como a rebelde Maya Hart em “Garota Conhece o Mundo” no Disney Channel. Seu álbum de estreia Eyes Wide Open foi um hit instantâneo – e ela tem mais por vir.

“Eu comecei a escrever músicas quando eu tinha 10 anos, embora todas que eu escrevi naquela época fossem terríveis” ela ri. “Mas de um ano e meio pra cá, venho aprendendo muito. Eu escrevo todos os dias. É como se expressar, mas achando inspiração em qualquer lugar. Outro dia eu estava sentada em um pequeno pátio fora do estúdio e eu escrevi metade de uma música, inspirada por apenas estar sentada lá fora”.

Quando você escuta suas músicas, fica claro que ela é algo real. Apenas escute “Right Now”, sua música sobre apreciar o momento. “Tem um verso na música que diz que nosso presente é o futuro do passado, é um dos meus favoritos” ela compartilha. “Isso soa complicado, mas é muito simples e honesto”.

Sobre sua nova música, Sabrina planeja dividir mais do que ela aprendeu. “Você deve ir aos poucos, mas eu acho que tenho sido muito madura ultimamente nos shows Isso soa nerd, mas eu estou muito orgulhosa do que eu venho criando”.

COVERS

A música afeta todos os aspectos da vida da Sabrina, se ela está no carro ou se está praticando bateria, ukulele ou piano – Sabrina toca “Alouette” (“Foi a primeira música que aprendi e eu nunca vou esquecê-la”). Ela as vezes grava cantando com sua irmã Sarah. “Sarah está sempre procurando novas múicas para cantarmos juntas” Sabrina diz. “Ela é uma gênia no Spotify. Ela está sempre descobrindo artistas desconhecidos ou me mostrando minha próxima música favorita.”

Juntas elas gravaram grandes e pequenos covers como “Dream A Little Dream”(Sarah assobiando a parte instrumental era impressionante), “Cups” da Anna Kendrick e “Like Real People Do”. Sarah até gravou harmonias para o albúm de Sabrina. “Sarah e eu dividimos o quarto, também, então nós somos incrivelmente próximas. Nós praticamente passamos o dia todo juntas.”

Apesar de Sabrina compartilhar o set com a co-estrela Rowan Blanchard, ela diz que ela e Sarah tem momentos parecidos em sua casa. “É onde você vai para se sentir segura ou esquecer sobre seus problemas ou conversar através de algo”, Sabrina explica “É um lugar muito especial”.

GAROTA CONHECE O GRUPO

Aqueles momentos na janela da sacada não são nenhuma piada. Se você perguntar a Sabrina, conversar sobre tudo é a melhor forma de passar o tempo.

“Nós amamos sair para jantar” ela fala sobre seus colegas de Garota Conhece o Mundo Rowan Blanchard, Peyton Meyer e Corey Fogelmanis mais o novo companheiro Amir Mitchell-Townes que aparece na segunda temporada.

“A gente só se fala. Nós não temos muito tempo para ir em um boliche ou alguma coisa assim- embora eu esteja muito certa de que eu ganharia- mas nós apenas nos falamos”.

E sendo BFF’s fica mais fácil de atuar, especialmente em momentos vulneráveis como em “Girl Meets the Forgiveness Project” quando Maya finalmente conhece seu pai após uma década.

É difícilmente o primeiro tema sério apontado em GMW- eles colocaram bullying e autismo – mas é um dos episódios favoritos de Sabrina. “Nós estamos orgulhosos por conseguirmos fazer coisas como essa para crianças afora que estão realmente nessas situações. Há muito o que queremos explorar.”

Sua outra parte favorita do show? Todas as referências vão para a série dos anos 90 “Boy Meets World” – além de, é claro, cameos das estrelas originais, como Will Fredie (que faz o irmão mais velho de Cory, Eric.)

“Eu vi todos os episódios” ela diz “nossos escritores são muito bons em colocar graça nas palavras e todas as vezes em que Will está no show é muito especial. Ele pode ser o cara mais engraçado que existe.

Quando misturam séries da Disney, Sabrina tem ainda mais ideias “Eu acho que seria muito divertido estar em ‘Agente K.C’, porque eu amaria fazer uma cena de ação. Sendo uma espiã seria incrível e eu seria muito boa porque posso me esconder em lugares pequenos. Mais a Zendaya – já disse tudo.”

UMA NOVA AVENTURA

Esse não é o único time do Disney Channel com que estamos sonhando. Até lá, estamos animados por ver Sabrina compartilhar as telas com a estrela de Descendentes Sofia Carson em Adventures In Babysitting. No filme, a dupla faz um par de babás, mesmo a Jenny de Sabrina sendo muito mais comportada que a Lola de Sofia.

“Jenny é praticamente o projeto perfeito de babá, mas eu nunca fui babá na vida real,” Sabrina admite. Algo que ela tentou pela primeira vez no set do filme? Dirigir. “Eu não tenho minha licença nem minha permissão, mas eu tive que fingir que dirigia em uma cena. Todos ficaram me dizendo como fazer isso e aquilo, mas eu continuei fazendo tudo errado” ela diz “Eu ainda estou muito feliz de ter dirigido um pouco.”

É especialmente quando se trata de fazer um dueto com suas co-estrelas. “Quando estávamos dirigindo para o set de manhã, Max Gecowets (que faz Trey) e eu sempre cantávamos. “Baby It’s Cold Outside” é provavelmente minha canção de natal favorita, e nós cantávamos todos os dias – mesmo sendo março.

Assim que chegavam no set, a dupla ficava séria. “Todos do filme eram super a fim de música, então sempre estávamos cantarolando Rihanna ou Beatles todas as vezes que eles diziam corta” Sabrina compartilha. “Four Five Seconds” era nosso hino, mas temos memórias divertidas de todos os dias. Era mágico trabalhar com Sofia. Nossa química foi imediata, assim como aconteceu com Rowan e eu.”

Sendo no palco, no set ou por trás das câmeras, uma coisa é certa: Sabrina é uma estrela, e nesse ano ela está pronta para brilhar.

Adaptação e Tradução: SCBR.