Sabrina Carpenter Brasil

Bem-vindo à sua primeira e maior fonte de notícias sobre Sabrina Carpenter no Brasil. Estamos aqui para manter vocês informados sobre tudo o que acontece na carreira da Sabrina. Esperamos que aproveitem todo o conteúdo que o site tem a oferecer. Sinta-se livre para comentar nas nossas postagens e visitar nossa galeria. Não esqueça também de nos seguir nas redes sociais para ficar atualizado 24h por dia!
06
ago
19

Sabrina Carpenter realiza ensaio fotográfico e entrevista à “Refinery 29”

Na tarde desta segunda-feira, 05, foram revelados o ensaio fotográfico e entrevista exclusivos que Sabrina Carpenter concedeu à plataforma “Refinery 29”, grande portal estadunidense destinado à moda e estilo. Ao tabloide, a cantora falou sobre sua carreira, crescimento, influência nas mídias sociais e mais. Ela também falou sobre o falecimento de seu amigo e colega da Disney, Cameron Boyce. Confira, a seguir, a matéria publicada e sua devida tradução:

O Crescimento: Sabrina Carpenter em sumir, luto e crescer.

Mundo, conheça a garota. Sabrina Carpenter está colocando seus dias da Disney – e seus dias de adolescentes – atrás dela com um novo álbum e uma nova perspectiva.

Sabrina Carpenter transformou o set de Toronto de sua sessão de fotos do Refinery29 em seu próprio mini videoclipe. Ela está deitada no chão branco do estúdio enquanto o fotógrafo, com a câmera na mão, paira acima dela. Carpenter está graciosamente posando e dublando para a lente cada palavra de “Keep On” por Kehlani. A playlist é curada para seus gostos (Beyoncé, Christina Aguilera, SZA, etc.) e ela pula pelo set com os pés descalços, contando piadas com a equipe e exalando a confiança de alguém que tem dançado em torno de photoshoots desde a adolescência.

Quando ela e eu nos encontramos eu vou para o aperto de mão enquanto ela vai para o abraço. “Desculpe, sou um “abraçadora”, ela diz, rindo, sua voz profunda contrastando com a estatura da ex-estrela da Disney de quase um metro e meio. Ela está usando o look nº 4 do dia, uma saia plissada cor de rosa no tornozelo, combinada com uma camisa de gola verde e roxa neon. Eu digo a ela que ela é mais controlada do que eu, quando era uma tímida menina de 20 anos, e ela diz: “Eu sou uma atriz. É o que eu quero que você pense.”

Se Carpenter está fingindo sua maturidade, não posso dizer. Ela mantém o equilíbrio durante a maior parte das cinco horas de filmagens (ela nos encaixa em seu dia de folga das filmagens do filme de dança Netflix, Work It), quebrando apenas quando ela está encolhida em um canto com sua irmã, Sarah, rindo de vídeos em seu telefone entre as tomadas. Quando ela está de volta na frente da câmera, a menina de muitos talentos canta junto com as faixas de seu novo álbum, Singular: Ato II, que oscila entre um pop divertido e orgulhoso e confissões profundas sobre ansiedade. “A verdade é que estou presa no meio de algo entre “o que está acontecendo?” e “tenho tudo sob controle”, diz ela sobre seu dia agitado de hoje.

Mais tarde, quando nos mudamos para uma cafeteria silenciosa (fechada, mas ocupamos o lugar vazio de qualquer maneira) ligada ao estúdio, a cabeleireira soltou suas longas extensões louras, e Carpenter mudou de seu look do photoshoot de cores vivas para uma camiseta esfarrapada cropped vintage da Harley Davidson, calça jeans folgada Reformation de cintura alta e seus “sapatos de papai” Balenciaga. A roupa faz com que ela pareça ainda mais jovem que 20. “Eu tenho 12 anos”, ela brinca.

No cenário musical atual, Carpenter é a contraparte brilhante de anti-celebridades despojadas Maggie Rogers e Billie Eilish. Sua música tem mais uma sensação de R&B dos anos 90 do que o folk de Rogers e o gótico de Eilish. Quando pergunto a ela como uma garota branca da periferia da Pensilvânia canta com tanta alma, ela diz: “Minha mãe é da Filadélfia!” e cita Etta James e Whitney Houston como primeiras influências. Carpenter parece civilizada e segura de si, a pop star prototípico que você esperaria de uma garota da Disney jovem demais para se lembrar de um tempo antes do domínio de Britney e Christina na Billboard em seus respectivos prémios. Essa imagem é o motivo, Carpenter diz, ela foi mais fundo neste álbum.

A faixa que poderia ser sua declaração de tese é “Exhale”, que sugere o desejo de Carpenter de acabar com o verniz que ela colocou em álbuns anteriores. Ela canta, “ouço as gravadoras, ouço o homem/Tento manter a sensação de saber quem eu sou/eu tento ser um anjo, mas eu não acho que posso/Acho que estou chegando aos meus limites.” Carpenter diz que seu ponto de ruptura aconteceu por causa de seus fãs.

“Percebi que meus fãs falam tão abertamente comigo sobre o que eles estão passando”, diz ela mexendo na manga. “Eu recebo mensagens super pessoais, e eles vêm até mim no meet & greet e me dizem o que está acontecendo em suas vidas, e lá eu estava apenas tentando ser essa estrela pop brilhante. Isso não é realista.”

Os primórdios da carreira de Carpenter são muito Gen-Z. Ela cresceu em East Greenville, PA, e aos 10 anos, ela ficou em terceiro lugar em uma competição de canto chamada The Next Miley Cyrus Project (Cyrus ainda é uma inspiração, mas Carpenter relembra a experiência com total embaraço: “Eu nem sabia pentear minhas sobrancelhas para cima!”). Então, ela começou a postar vídeos no YouTube depois que seu pai construiu para ela um estúdio de gravação roxo em um armário de seu porão (“tipo de lugar onde Harry Potter viveria se ele morasse na minha casa”). De lá, ela conseguiu alguns papéis recorrentes em diversas séries de TV, mas foi conseguindo seu papel em Girl Meets World do Disney Channel em 2013, onde ela interpretou a melhor amiga, Maya, para a animada Riley Matthews de Rowan Blanchard, que a colocou na mesma trajetória de carreira que os superstars que vieram antes dela. Com um show de sucesso e músicas correspondentes subindo nas paradas da Radio Disney, Carpenter se juntou à longa lista de celebridades que cantavam e atuavam, que ficaram famosas nos shows do Disney Channel, como Cyrus, Selena Gomez, Zendaya e Demi Lovato.

Em plataformas de mídia social, onde as pessoas são indiscutivelmente as mais duras, Carpenter é exposta ao amor e ódio de milhões. “Dezoito milhões, porra”, ela diz seu número de seguidores no Instagram. “Metade deles são contas fantasmas, vamos ser realistas.” Carpenter lida com a atenção e sua ansiedade freqüentemente postando on-line, e em seguida, recusando-se a olhar para os comentários. “Eu posto algo no Twitter e, literalmente, pulo no oceano. [Meus fãs ficam] tipo, ‘Você pode por favor ficar?’ Mas às vezes, eu não quero saber o que [os fãs estão] pensando.”

Seus seguidores têm muitos pensamentos sobre os relacionamentos de Carpenter – platônicos e românticos. Em termos do último, Carpenter ri dos boatos de que ela já namorou Shawn Mendes, mas se policia sobre os “alguns dos Bradleys” em sua lista de exs (Bradley Steven Perry, uma estrela da Boa Sorte Charlie é um deles) e faz piadas sobre o resto de sua vida amorosa: “Eu sou casada secretamente há oito anos, ninguém sabe. Eu tenho um filho.”

O método favorito de deflexão de Carpenter é o sarcasmo; ela é cautelosa sobre seus hábitos de namoro, mas é um livro aberto quando se trata de suas melhores amigas e irmãs mais velhas, Sarah, Shannon e sua meia-irmã, Cayla. Ela é mais próxima de Sarah, 22 anos, que tem o rosto de sua irmã e viaja com Sabrina como sua cantora de apoio e faz de tudo. “Você sabe aquela pessoa em sua vida que faz praticamente tudo o que você pode pensar?” é como Carpenter descreve o trabalho de sua irmã na estrada, enquanto Sarah escuta atrás de uma parede adjacente e ri. “Eu não sei quanto tempo ela vai querer ficar perto de mim – eu sou muito chata – mas por enquanto está funcionando.”

Carpenter fala sobre sua outra melhor amiga (um título muito importante para distribuir aos 20 anos), a estrela de The Act, Joey King, como se ela fosse uma irmã também. King foi nomeada para seu primeiro Emmy recentemente, e Carpenter sabia que a honra estava vindo antes de King. “Ela estava tipo, ‘Não, não vai acontecer’. Eu estava tipo, ‘Você é uma puta idiota’”.

Chamar um amigo de “uma puta idiota” carinhosamente é algo que o personagem de Carpenter no The Hate U Give pode fazer, mas é aí que as semelhanças terminam. Carpenter interpretou Hailey, a melhor amiga branca racista de Starr Carter, de Amandla Stenberg, na adaptação de 2018 YA sobre o Black Lives Matter e a brutalidade policial. Carpenter diz que o papel foi estratégico para seu primeiro grande papel depois da Disney. “Eu acho que é muito fácil para as pessoas olharem para as crianças que vêm da Disney e vê-las como um rosto e não como uma voz”, diz ela. “Eu queria que meus fãs pudessem aprender algo com algo que eu fiz”.

Carpenter está aprendendo como ela vai. Junto com um cronograma frenético que não permite que ela durma muito (atualmente ela é produtora executiva e estrela no Work It, desenvolvendo uma adaptação para o cinema de The Distance From Me To You com Danielle Fishel, e trabalhando no seu quinto álbum de estúdio), Carpenter também está lidando com um processo em curso por ex-gerentes (sua música “Sue Me” é sobre a batalha legal), e lidando com a perda devastadora de seu falecido amigo e colega da Disney, Cameron Boyce. Carpenter diz que trabalhar através do seu sofrimento foi a parte mais difícil.

“Não parece real ainda”, ela está segurando as lágrimas, visivelmente abalada com a menção de Boyce. “Tudo o que posso dizer sobre ele é que ele era mais especial do que qualquer um poderia compreender.” Carpenter diz que ainda está tentando dar sentido à tragédia enquanto manipula as responsabilidades de virar adulta, e chegar a um acordo com o fim de sua adolescência.

“Quando você é mais jovem, você acha que é muito pior do que é”, Carpenter suspira. “Então todo mundo fica tipo, ‘espere até chegar aos 20’. Então você chega aos seus 20 anos e fica tipo ‘ohhhh’”.

Carpenter ainda está olhando adiante com partes iguais de otimismo e incerteza. Um dia, ela espera se juntar à pequena lista de artistas que ganharam um Emmy, Grammy, Oscar e um Tony. “Eu acho que se [um EGOT] vier com os projetos que eu lancei com coração e paixão, isso seria ‘irado’.” Ela faz uma pausa. “Ninguém vai dizer isso em 50 anos”, Carpenter está imediatamente se arrependendo de sua escolha de palavras. “Você pode imaginar alguém lendo uma citação da Wikipédia de mim: “Eu adoraria ter um EGOT um dia. Isso seria ‘irado’.”

ENSAIOS FOTOGRAFICOS | PHOTOSHOOTS > 2019 > REFINERY29
19
maio
17

“Hands”: Ouça nova parceria de Sabrina Carpenter, Mike Perry e The Vamps!

Postado por
Marcadores: Música, Players, Post, Rádio, Sabrina Carpenter, Tour

Sabrina está atualmente em turnê com o The Vamps, e no início dessa semana ambos anunciaram em suas redes sociais que lançariam uma colaboração denominada “Hands”. A música está na setlist da turnê Europeia, mas até agora só haviam versões ao vivo. A versão em estúdio foi lançada hoje, 19, e você pode conferí-la, juntamente de sua letra, abaixo:

iTunes | Google Play

Spotify:

Letras:

C’mon lay your hands, your hands on me
Vamos, coloque suas mãos, suas mãos em mim
We don’t have to talk, cause talk is cheap
Não precisamos conversar, pois falar é barato
In the dark silence so loud
No escuro o silêncio é tão alto
You’ve only gotta lay your hands on me
Você só tem que colocar suas mãos em mim

You say I’m better with you
Você diz que eu sou melhor com você
(Yeah, yeah, yeah, yeah) [x2]
(Sim, sim, sim, sim)
You say I’m better with you
Você diz que eu sou melhor com você
(Yeah, yeah, yeah, yeah) [x2]
(Sim, sim, sim, sim)

I’ve been thinking about it
Eu estive pensando sobre isso
I’ve been thinking all night
Estive pensando a noite toda
Every time I try to learn your body language never get it right
Todas as vezes eu tento aprender a linguagem do seu corpo, mas nunca acerto
you’re so hard to read baby
Você é tão difícil de ler, amor
So I turn out the lights
Então eu apago as luzes
Can you just drop that dress to the floor
Você pode apenas deixar esse vestido no chão
we can talk until sunrise
Podemos conversar até o nascer do sol
I’ve been thinking about it
Estive pensando sobre isso
The way that you blow my mind
O jeito que você ferra com minha mente
I’ve been thinking about it
Eu estive pensando sobre isso
All night
A noite toda

C’mon lay your hands, your hands on me
Vamos, coloque suas mãos, suas mãos em mim
We don’t have to talk, cause talk is cheap
Não precisamos conversar, pois falar é barato
In the dark silence so loud
No escuro o silêncio é tão alto
You’ve only gotta lay your hands on me
Você só tem que colocar suas mãos em mim

You say I’m better with you
Você diz que eu sou melhor com você
(Yeah, yeah, yeah, yeah) [x2]
(Sim, sim, sim, sim)
You say I’m better with you
Você diz que eu sou melhor com você
(Yeah, yeah, yeah, yeah) [x2]
(Sim, sim, sim, sim)

[Sabrina Carpenter:]
Don’t tell me about it,
Não me conte sobre isso,
Keep on blowing my mind

Continue ferrando com minha mente
Cause your lips are made for kissing baby

Porque seus lábios foram feitos para beijar amor
So I put them on mine

Então coloque-os nos meus
No conversation

Sem conversa
I’ve heard every line

Eu já ouvi todas as linhas
So leave your shit at the door

Então deixe suas merdas na porta

C’mon lay your hands, your hands on me
Vamos, coloque suas mãos, suas mãos em mim
We don’t have to talk, cause talk is cheap
Não precisamos conversar, pois falar é barato
In the dark silence so loud
No escuro o silêncio é tão alto
You’ve only gotta lay your hands on me
Você só tem que colocar suas mãos em mim

You say I’m better with you
Você diz que eu sou melhor com você
(Yeah, yeah, yeah, yeah) [x2]
(Sim, sim, sim, sim)
You say I’m better with you
Você diz que eu sou melhor com você
(Yeah, yeah, yeah, yeah) [x2]
(Sim, sim, sim, sim)

C’mon lay your hands, your hands on me
Vamos, coloque suas mãos, suas mãos em mim
We don’t have to talk, cause talk is cheap
Não precisamos conversar, pois falar é barato
In the dark silence so loud
No escuro o silêncio é tão alto
You’ve only gotta lay your hands on me
Você só tem que colocar suas mãos em mim

25
dez
16

GIRL MEETS WORLD: Próximos Episódios!

3×19 – World Meets Girl
Data de estreia: 06/01/2017
Por trás das câmeras de Girl Meets World.

3×20 – Girl Meets Sweet Sixteen
Data de estreia: 13/01/2017
Com o aniversário de 16 anos da Riley, as crianças contemplam o futuro e o quão rápido suas relações mudarão em poucos anos.

03
out
16

Billboard elege Sabrina Carpenter como uma das artistas com menos de 21 anos mais importantes de 2016

Postado por
Marcadores: Álbum, Música, Post

A renomada revista Billboard, divulgou uma lista dos artistas mais importantes em 2016 com menos de 21 anos. Sabrina Carpenter, que atualmente está prestes a lançar seu segundo álbum de estúdio, intitulado de “EVOLution” não ficou de fora, a atriz e cantora ocupa o 13° no ranking. Confira, a seguir, o ranking e a matéria traduzida:

1. Fifth Harmony
2. Shawn Mendes
3. Desiigner
4. Martin Garrix
5. Daya
6. Alessia Cara
7. 5 Seconds of Summer
8. Lorde
9. Hailee Steinfeld
10. Zendaya
11. Jaden Smith
12. Lil Yachty
13. Sabrina Carpenter
14. Zara Larsson
15. Austin Mahone
16. Kodak Black
17. Kungs
18. CNCO
19. Chloe & Halle
20. Lennon & Maisy
21. Grace VanderWaal

 

No mesmo ano que ela estreiou como “Maya Hart” na série do Disney Channel Garota Conhece o Mundo, Carpenter lançou “Can’t Blame a Girl For Trying” um alegre e sem remorso single co-escrito por Meghan Trainor. “Eu sou jovem e eu sou burra/Eu faço coisa estúpida quando é sobre amor,” Carpenter declarou, e muitos ouvintes devem ter se sentido similar. — o clipe acumulou quase 40 milhões visualizações no YouTube. Ela agora está preparando seu segundo álbum, no qual ela apelidou EVOLution com certeza o suficiente, o single “On Purpose” sugere um passo musical para frente, como os versos insinuam em uma balada de piano, mas o gancho inclina-se para as inflexões de Top 40 da casa tropical. Trainor aprovou a música no Twitter escrevendo, “Eu amei isso!!!—–“

FONTE.

12
jun
16

FOTOS: Sabrina visita pacientes no Hospital Infantil de Colorado

Postado por
Marcadores: Post

Sabrina aproveitou a tarde de ontem para visitar alguns pacientes no Children’s Hospital Colorado (Hospital Infantil de Colorado). A atriz e cantora tirou foto com crianças presentes no local, confira as fotos abaixo:

13392634_296875537317135_619126241_n 13392738_1093011927403739_1781210919_n 13413349_858882900923149_1301757311_n SCBR_Sabrina_Carpenter_29 13392634_296875537317135_619126241_n

06
abr
16

Sabrina e Sofia Carson irão fazer pegadinhas na nova série do Disney XD “Walk the Prank”

Postado por
Marcadores: Disney, Post

Foi divulgado pelo ET Online, especializado em notícias da indústria do entretenimento, a participação de Sabrina e Sofia Carson na nova série do Disney XD “Walk the Prank”, na qual terá comédias programadas com pegadinhas reais de câmeras escondidas. A participação de Sabrina e Sofia Carson no programa de comédia, será gravada no final de Abril. A data de exibição, ainda não foi informada. Confira, a seguir, a matéria veiculada:

Primeiro de abril pode já ter acabado, mas Sabrina Carpenter e Sofia Carson ainda tem pegadinhas pela frente!

As atrizes do Disney Channel irão ser convidadas especiais em um novo episódio da nova série do Disney XD, Walk the Prank, na qual terá comédias programadas com pegadinhas reais de câmeras escondidas.

Sabrina e Sofia, que também estrelarão juntas nesse verão o filme original da Disney Channel, Adventures in Babysitting, vão ambas ganhar sua própria pegadinha com tema de babás.

“Eu estou tão animada por finalmente poder tramar uma pegadinha épica!” Sofia conta ao ET sobre sua aparição. “A parte mais especial será definitivamente a grande revelação. Será incrível ver a reação das outras babás no fim do episódio!”

Para Sabrina, a estrela de Girl Meets World está animada por se “transformar” completamente para a pegadinha. “Poder se disfarçar totalmente e, é claro, ver a expressão na face das pessoas quando elas forem pegas são as razões pelas quais shows de pegadinha foram criados. Não tem preço”, ela compartilhou.

Walk the Prank contém histórias escritas [com scripts] centrando em quatro crianças na escola e em casa, o que trás uma fonte de inspiração para suas pegadinhas. As reais câmeras escondidas, vistas através de todos os episódios, capturam reações reais de estranhos que não suspeitam de nada.

Mas antes das estrelas do Disney Channel filmarem seus episódios hilários no fim desse mês, nós pedimos para elas nos contarem detalhes da melhor pegadinha que elas já fizeram!

“Eu já peguei meu chefe ligando pra ele dizendo que era o presidente de nossa companhia,” Sabrina contou. “Ele caiu por dois segundos, mas era tudo que eu precisei.”

Sabrina pode já ser uma profissional de pegadinhas, mas Sofia admitiu que ela está definitivamente precisando de uma boa treinadora.

“Eu geralmente sou a que cai na pegadinha!” A estrela de Descendentes confessou. “Eu nunca fiz uma pegadinha em minha vida, então você pode imaginar como eu estou inacreditavelmente animada para ser parte de uma pegadinha tão épica em “Walk the Prank!”

A série estreia 6 de Abril no Disney XD (EUA).

Fonte