A famosa Billboard publicou nesta quinta-feira (09) em seu site oficial uma matéria onde eles falam o motivo pelo qual Sabrina Carpenter está preparada para se tornar a próxima estrela pop da Disney. Na matéria, a cantora fala sobre suas influências musicais na infância, carreira, amadurecimento, entre outras coisas.

Confira abaixo a tradução completa da matéria publicada pela revista:

Quando a Sabrina Carpenter tinha 10 anos, ela imaginou que tocaria em Madison Square Garden dentro de cinco anos. “Eu era aquela garota que sonhava o máximo que eu podia”, diz ela. Carpenter ainda não chegou à arena de Nova York, mas a cantora e compositora de 19 anos construiu um currículo impressionante.

Aos 11 anos, ela fez seu Law & Order: SVU debut; por volta dos 12 anos, ela era uma das regulares do Disney Channel, incluindo papéis de protagonista em “Garota Conhece o Mundo”; e em 2014, ela lançou seu primeiro single com a Hollywood Records, o selo por trás das estrelas pop da Disney, Miley Cyrus, Selena Gomez e Jonas Brothers.

Agora, depois de dois álbuns que atraíram jovens e adolescentes, Carpenter está numa encruzilhada: com os seus instintos pop, a sua presença na mídia e o seu público jovem (14,7 milhões de seguidores no Instagram), ela está pronta para recrutar mais fãs adultos e se tornar a maior cantora a sair da sua geração da Disney.

“Desde que eu era criança, eu adorava fazer 10 coisas de uma só vez. Eu estou constantemente me movendo”, diz Carpenter, que está dando voltas em Nova York enquanto conversamos. Ela está lançando seu terceiro álbum, Singular, e aparece ao lado de Amandla Stenberg em “O Ódio que Você Semeia”, a muito aguardada adaptação cinematográfica do romance de jovens adultos de Angie Thomas, sobre Black Lives Matter (nos cinemas em 19 de outubro).

Ao crescer, Carpenter ficou “hipnotizada” por cantoras como Adele e Christina Aguilera: “aquelas vozes enormes vindo dessas lindas e inteligentes mulheres”, mas seu gosto evoluiu: ela jorra sobre Brockhampton (“Eu realmente amo eles!”) e recentemente pegou Arctic Monkeys em turnê. Quanto ao seu próprio show ao vivo (no Hot 100 Music Festival da Billboard em 19 de agosto), Carpenter diz que conforme ela amadurece, também amadurece a sua presença no palco: “Quando você está na frente de uma multidão toda a noite, você esquece que você está até fazendo um show. É quando fica muito bom.”

Confira também a scan da revista:

> REVISTAS E JORNAIS | MAGAZINES AND NEWSPAPERS > 2018 > BILLBOARD – AGOSTO

Fonte: Billboard / Tradução feita por: Sabrina Carpenter Brasil